繁体中文 简体中文 Portugus English Muito nublado
Galgo velho de treze anos morreu devido insuficincia nos rgos

Um galgo de treze anos do Candromo da Yat Yuen tinha uma doena degenerativa nas articulaes resultado da sua idade avanada, a qual afectava o seu estado de sade. Embora os trabalhadores do IACM da rea de sade tivessem tentado prestar-lhe um tratamento eficaz, o estado de sade do galgo continuou a deteriorar-se, tendo vindo a falecer hoje (21 de Agosto). Aps diagnstico dos veterinrios, verificou-se que o galgo faleceu devido insuficincia nos rgos e a sua morte natural. As respectivas informaes j foram notificadas Yat Yuen.

O galgo de treze anos que morreu era o mais velho do Candromo. Tinha mobilidade reduzida, devido a uma degenerescncia nas articulaes, resultado da sua idade avanada, a qual afectava o seu estado de sade. No incio do corrente ms, existia uma preocupao com a vida em perigo do galgo, no tendo deixado os trabalhadores do Instituto na rea de sade de o tratar e de, tanto quanto lhes foi possvel, lhe prestar cuidados de sade. Depois de lhe baixarem a inflamao que tinha e de ministrarem um suplemento nutricional, o seu estado de sade melhorou, tendo em dias recentes voltado a piorar. Os veterinrios do IACM confirmaram que o galgo sofria de insuficincias mltiplas nos rgos, sugerindo que lhe fosse dado um tratamento mais suave, tendo ele acabado por morrer hoje (21 de Agosto). Os veterinrios do Instituto julgam que o galgo morreu de insuficincias mltiplas nos rgos, tendo a sua morte sido natural.

Actualmente, h mais de 30 galgos sujeitos a tratamento mdico, sofrendo a maioria deles de doenas no periodontal, de doenas de pele e de artrite, estando as causas destas doenas relacionadas sobretudo com as leses anteriores, a gesto de alimentao e factores genticos. Os trabalhadores na rea de sade tm prestado tratamento atempadamente aos ces, sendo a maioria deles saudveis. Suspeita-se que um deles tenha um tumor maligno e no apresenta um estado estvel de sade, estando sujeito ao tratamento no Canil Municipal. Apesar de estar presentemente a ser tratado, o estado de sade deste galgo continua a piorar devido anemia, leucocitose e perda de peso. No entanto, prevm-se que os efeitos teraputicos do tratamento e o prognstico no estejam satisfeitos, mas os veterinrios continuam atentos ao estado de sade do galgo e a tratar dele.

O IACM est particularmente atento sade e ao ambiente em que vivem os galgos do Candromo. Para alm dos agentes de limpeza e dos funcionrios da segurana do local, o Instituto destacou tcnicos para tratar dos galgos e veterinrios para realizar exames de sade, procedendo ao tratamento mdico daqueles necessitarem. Simultaneamente e para garantir que eles tenham o devido tratamento em tempo oportuno, o Instituto disponibiliza no Candromo os equipamentos cirrgicos suficientes e medicamentos necessrios. A par disso e para melhorar a qualidade de vida e a higiene ambiental dos galgos, o Instituto tem executando gradualmente melhorias s instalaes do Candromo, aumentando o nmero de ventiladores, reparando os ares-condicionados, entre outras, assim como aumentando o nmero de agentes afectos limpeza e desinfeco.

O IACM continuar a monitorizar o estado de sade dos galgos e a proporcionar-lhes o tratamento adequado para garantir que eles tenham o tratamento que merecem, assim como o cumprimento das disposies da “Lei de Proteco dos Animais”.