繁体中文 简体中文 Portugus English Pouco nublado
Obras de melhoria do sistema de drenagem da Avenida de Almeida Ribeiro

Recentemente, verificou-se uma depresso na superfcie do pavimento no cruzamento da Avenida de Almeida Ribeiro com a Rua Central. Embora o Instituto para os Assuntos Cvicos e Municipais (IACM) tenha tomado medidas de emergncia, procedendo aplicao de beto projectado na abertura para reparao das juntas do pavimento, como existe grande intensidade de trfego no respectivo troo e os sumidouros de lajes subterrneos tm sido utilizados h vrios anos, necessrio proceder a uma reparao geral dos esgotos e da fundao do pavimento rodovirio. O IACM vai executar obras no sistema de drenagem e de repavimentao, dividindo-as em duas partes, de 30 de Junho a 31 de Agosto.

Em Maro do corrente ano, surgiu uma depresso na superfcie do pavimento que cruza a Avenida de Almeida Ribeiro com a Rua Central, o IACM verificou que havia uma pequena infiltrao resultante de fendas entre as lajes dos antigos sumidouros que se encontram no respectivo troo, e ao mesmo tempo tambm havia queda das juntas de dilatao do pavimento, com a gua pluvial a penetrar no solo atravs dos esgotos e das juntas de dilatao do pavimento, originando a eroso do solo e uma depresso. Os actuais sumidouros de lajes da Avenida de Almeida Ribeiro possuem mais de noventa anos de histria, o pavimento foi utilizado durante cerca de trinta anos, naquela que uma das artrias principais, e encontra-se danificado em diferentes graus, havendo, assim, necessidade de proceder sua reparao.

O IACM experimentou reparar a vala atravs da insero de tubo, sem utilizar a forma de escavao, contudo por a vala da Avenida de Almeida Ribeiro apresentar uma seco de corte varivel (semelhante forma de cone), sendo diferente da forma comum circular, difcil de proceder insero de tubo e aplicao de beto projectado. Por outro lado, algumas fendas da fundao do pavimento rodovirio so bastante grandes, sendo, com a aplicao de beto projectado, difcil de elevar totalmente e de forma eficaz a capacidade de carga do pavimento. Caso no seja efectuada uma reparao total dos esgotos e da fundao de pavimento rodovirio, isso ir pr em risco a segurana dos condutores.

Aps a uma anlise global da situao, o IACM executar a obra em fases na Avenida de Almeida Ribeiro a partir de 30 de Junho. A 1.a parte da obra executada na faixa de rodagem da Avenida de Almeida Ribeiro, desde a Avenida da Praia Grande at ao Beco do Senado. A obra inclui a reparao dos actuais sumidouros de lajes, construo de cmaras de perda de carga e repavimentao da superfcie com beto armado. Durante a execuo da obra, sero ocupadas duas faixas de rodagem na via em direco Ponte n.o 16, mantendo a circulao dos veculos em direco Ponte n.o 16, a fim de no prejudicar o trnsito. A obra ir ser executada durante 24 horas por dia. A 2.a parte da obra executada na faixa de rodagem, situada no local de ligao entre a Avenida de Almeida Ribeiro e a Rua do Guimares, tendo em vista a conjugao com o desenvolvimento do 4.o trimestre da “Obra de coloo de Box-Culvert da estao elevatria de guas pluviais do norte do Porto Interior”. Para corresponder organizao do trnsito temporrio para execuo da obra emergente de reparao da Avenida de Almeida Ribeiro, pode-se executar primeiro a obra de construo do colector pluvial no local de ligao entre a Avenida de Almeida Ribeiro e a Rua do Guimares, com vista a evitar a futura influncia que possa advir ao trnsito da Avenida de Almeida Ribeiro aquando da execuo da referida obra. Por o sumidouro pluvial ser de estrutura de beto armado, prev-se que no referido troo de rua implique trs faixas de rodagem durante a execuo da obra, por isso, a obra ser executada em duas fases. Para cada fase, sero ocupadas duas faixas de rodagem, mantendo uma nica faixa de rodagem para circulao.

Prev-se um prazo de dois meses para a execuo da obra. Durante este perodo, alm da obra supramencionada, as diversas companhias de tubagem, em conjugao com outros troos da Avenida de Almeida Ribeiro, iro executar tambm conjuntamente obras de instalao de tubagem. O IACM ir proceder tambm a reparaes ao pavimento. Durante o perodo de execuo da obra, a Direco dos Servios para os Assuntos de Trfego vai providenciar tambm uma organizao temporria para o trnsito. O IACM, em coordenao com a referida Direco, ir procurar diminuir o impacto que a obra possa causar ao trnsito. Aps o termo da obra, o IACM ir fiscalizar estreitamente o funcionamento dos esgotos, avaliando-o de acordo com a situao real e procedendo, em tempo oportuno, a trabalhos de acompanhamento.